Fisioterapia Pélvica
OBSTETRÍCIA

     Gravidinhas, vocês sabiam que a fisioterapia pélvica pode ser muito benéfica pra vocês? Principalmente no final da gravidez e no pós-parto.

 

     A fisioterapia ajuda a melhorar ou a prevenir a incontinência urinária que é comum de aparecer na gestação e, para as mulheres quem quer parto normal, os exercícios ajudam a mucosa e os músculos da vagina a adquirirem o tônus e a elasticidade necessários para diminuir as lacerações do canal de parto. 

 

    As fisioterapeutas da nossa equipe orientam o casal a realizar os exercícios de Kegel, a massagem perineal e o uso do Epi-No, aparelho alemão específico para os exercícios perineais, que buscam diminuir a chance da necessidade de episiotomia na hora do desprendimento fetal. Os estudos que embasam esse aparelho ainda são iniciais e inconclusivos, mas pelo que observamos nas nossas pacientes, os resultados são bastante animadores, e nossa equipe recomenda o uso do Epi-No quando não há contraindicações obstétricas para tal.

 

      A própria gravidez causa um enfraquecimento dos músculos do assoalho pélvico e, por isso, às vezes acontece a perda involuntária de urina. Por isso, depois do parto é recomendado que os exercícios pélvicos sejam mantidos. Além disso, cuidado quando forem retomar a atividade física! Muitas posições e séries indicadas nas academias e nos programas para mamães, na verdade sobrecarregam o assoalho pélvico e o músculo do abdome, piorando a situação para o futuro. Conversem com o seu obstetra para orientações adequadas.

Dra. Isis Quaresma

OUTROS TEMAS

GINECOLOGIA

Consulta Ginecológica

Exames de Prevenção

Adolescência

HPV

Corrimento

Endometriose

Anticoncepção

Menopausa

Terapia Hormonal

Sexualidade

Implante Subdérmico Anticoncepcional

Colocação de DIU

Ultrassom Transvaginal

Cólica Menstrual

Miomas Uterinos

OBSTETRÍCIA

Consulta Obstétrica

Tentando Engravidar

Pré-Natal de Alto Risco

Parto Normal / Parto Humanizado

Parto Cezária

Amamentação

Teste de Gravidez

Ultrassom Obstétrico

Gravidez Ectópica

Fisioterapia Pélvica

VIDA ADULTA

CLIMATÉRIO

PUBERDADE

ESTÁGIOS DA VIDA